Lista de Leitura Ordenada: Martin Heidegger

O nível 4 da lista de leitura de filosofia ganha uma nova estrelinha para iluminar o sofrimento do estudante que teve o azar de gostar de um autor difícil: Martin Heidegger.

Heidegger é um dos autores mais importantes da escola fenomenológica e existencialista. Sua obra não é exatamente sistemática mas é muito vasta. Muito poucas pessoas leram tudo o que ele escreveu pelo dito motivo e por um segundo: a esmagadora maioria está em alemão ou simplesmente não soa interessante. De qualquer modo, os interessados em ler Zubiri terão que passar por Heidegger antes.

Observação: Essa lista de leitura não está em sua forma definitiva, pois as obras traduzidas de Heidegger tendem a ser partes picotadas de livros completos, o que dificulta monstruosamente a localização e catalogamento das obras disponíveis. Pedimos auxílio dos leitores de nosso site para que nos ajudem a aperfeiçoar essa lista até que de fato as obras completas do pensador alemão estejam devidamente recolhidas aqui.

1. Primeiros Escritos/Frühe Schriften (1912-1916)
O Problema da Realidade na Filosofia Moderna – Das Realitätsproblem in der modernen Philosophie (1912);
⦁ Novas Indagações sobre Lógica – Neuere Forschungen über Logik (1912);
⦁ A Doutrina do Juízo no Psicologismo – Die Lehre vom Urteil im Psychologismus (1914);
A Doutrina das Categorias e da Significação em Duns ScotoDie Kategorien- und Bedeutungslehre des Duns Scotus (1916);
O Conceito de Tempo na Ciência da HistóriaDer Zeitbegriff in der Geschichtswissenschaft (1916);

2. Ser e tempo/Sein und Zeit (1927)
Ser e Tempo (1927)
Versão Bilíngüe 
Problemas fundamentais da fenomenologia 
As questões fundamentais da filosofia (1937-8) 

3. Kant e o Problema da Metafísica/Kant und das Problem der Metaphysik (1929)
Kant e o Problema da Metafísica (1929)

4. Hölderlin e a Essência da Poesia/Erläuterungen zu Hölderlins Dichtung (1936-1968)
Hölderlin e a Essência da Poesia (1936)

5. Caminhos/Holzwege (1935-1946)
⦁ .A Origem da Obra de Arte (1950)
Introdução a filosofia 

6.1 Nietzsche I (1936-1946)
Nietzsche: Seminários de 1937 e 1944 

6.2 Nietzsche II (1936-1939)
Nietzsche (1961)

7. Palestras e Ensaios/Vorträge und Aufsätze (1936-1956)
Sobre o Assunto Pensamento (1969); L’experience de la pensée. In. Questions III. Trad. par A . Preau. Paris: Gallimard, 1966. (Da experiência do Pensar. Maria do Carmo T. Miranda. Porto Alegre: Globo, 1969.)
⦁ Da Experiência de Pensar (1954)
Ensaios e conferências 
Os Conceitos Fundamentais da Metafísica – Mundo – Finitude – Solidão 
Fenomenologia da vida religiosa 

8. O que Significa Pensar? / Was heißt Denken? (1951-1952)
Parmênides 

9. Marcos/ Wegmarken (1919-1961)
Fenomenologia e Teologia (1970);
⦁ Tese de Kant sobre o Ser (1962); La these de Kant sur l’etre. In. Questions II. Trad. par L. Braun et alii. Paris: Gallimard, 1968.(A Tese de Kant sobre o Ser. In. Conferências e Escritos Filosóficos. Trad. Ernildo Stein. São Paulo: Abril Cultural, 1979.) (Os Pensadores vol. Heidegger).
⦁ Da Pergunta sobre o Ser (1956); Contribuition à la question de l’etre. Questions I. Trad. par G. Granel. Paris: allimard, 1968. ( Sobre o Problema do Ser. Trad. Ernildo Stein. São Paulo: Duas Cidades, 1969.)
Que é Metafísica? (1929); In. Conferências e Escritos Filosóficos. Trad. Ernildo Stein. São Paulo: Abril Cultural, 1979. (Os Pensadores vol. Heidegger).
A Carta sobre o Humanismo (1949); Lettre sur L’humanisme. Trad. par R. Munier. Paris: Aubier, 1957.(Sobre o Humanismo. In. Conferências e Escritos Filosóficos. Trad. Ernildo Stein. São Paulo: Abril Cultural, 1979.)(Os Pensadores vol. Heidegger).
Ser e verdade: 1. A questão fundamental da filosofia 2. Da essência da verdade 
Sobre a essência do Fundamento. In. Conferências e Escritos Filosóficos. Trad. Ernildo Stein. São Paulo: Abril Cultural, 1979. (Os Pensadores vol. Heidegger). (1929);
Marcas do Caminho (1967)
⦁ A Doutrina de Platão sobre a Verdade (1942); Question II. Trad. par A . Preau. Paris: Gallimard, 1968.

10. Da princípio de Razão/Der Satz vom Grund (1955-1956)
O Princípio da Razão (1956)

11. Identidade e Diferença/Identität und Differenz (1955–1957)
O Que é Isto, a Filosofia? (1956)
Identidade e Diferença (1957
Ontologia: (Hermenêutica da faticidade) 

12. O Caminho da Linguagem/Unterwegs zur Sprache (1950–1959)
A Caminho da Linguagem (1959)
Sobre a essência da linguagem: 

13. Da Experiência de Pensar/Aus der Erfahrung des Denkens (1910–1976)
Caminhos Interrompidos ou Caminhos de Floresta (1950)

Apoio

Seis estudos sobre “Ser e tempo” 
Compreensão e Finitude: Estrutura e Movimento da Interrogação Heideggeriana 
Introdução ao Pensamento de Martin Heidegger 
Pensar e Errar: um Ajuste com Heidegger 
Ensaios sobre fenomenologia: Husserl, Heidegger e Merleau-Ponty 
Heidegger: Um mestre da Alemanha entre o bem e o mal 
Compreender Heidegger 
Heidegger e a Introdução da Filosofia no Nazismo 
Heidegger e Sua Herança. O Neonazismo, o Neofascismo e o Fundamentalismo Islâmico 
Heidegger 

 

 

Deixe uma resposta

Spam Protection by WP-SpamFree

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.