Saiba mais sobre o Jogo dos Hábitos

Conheça o Jogo dos Hábitos

No seu entender, o que é uma pessoa educada?

Quando você imagina alguém educado, o que lhe vem à mente? Alguém cheio de diplomas e certificações ou uma pessoa gentil, alegre e compreensiva?

Quais são os valores que compõem uma pessoa bem educada?

Acredita que basta colocar seus filhos em uma escola considerada de alto nível e delegar o processo educativo aos profissionais da área para uma educação boa e completa?

Certamente que não! O processo educacional de uma criança, visando o amadurecimento e a aquisição de virtudes e responsabilidades, vai muito além do cumprimento curricular da escola e de boas notas no boletim. Por melhor que seja a escola de seus filhos, a aquisição de bons hábitos ocorre em casa, quando observam os exemplos dos pais e familiares, as pessoas que mais amam e as maiores responsáveis por protegê-los e propiciar-lhes um ambiente seguro e tranquilo.

A verdade é que, hoje em dia, os adultos não têm tempo — às vezes, sequer vontade — de se dedicar aos filhos. Mesmo os avós, que antigamente costumavam ter disponibilidade para ajudar na criação dos netos, hoje em dia estão também muito ocupados com o trabalho. O resultado disso é um pouquíssimo tempo de qualidade em família, que, além de tudo, acaba dando espaço às atividades de pouco envolvimento social, tais como assistir TV, jogar videogames e manusear aparelhos celulares.

É fácil encontrar livros e vídeos com excelentes dicas de como lidar com questões educativas de uma família, mas nem sempre é possível transferir o que aprendemos para a realidade. A solução nem sempre ocorre como imaginamos e a paciência geralmente acaba antes do esperado.

Pensando em tudo isso, o JOGO DOS HÁBITOS foi criado! É um jogo familiar que visa o cultivo de bons hábitos de uma forma diferente e divertida.

É um jogo de cartas em que cada carta contém um hábito a ser adquirido durante a infância. Ao todo, são 70 cartas separadas em diversas categorias. Diferente de outros jogos, neste não há tabuleiros ou peças, e a brincadeira acontece durante todo o dia, em qualquer lugar.

Antes de começar, os pais devem analisar o baralho e separar algumas atividades de acordo com a idade e maturidade de seus filhos. As cartas selecionadas deverão permanecer no jogo por algumas semanas, até os hábitos serem bem assimilados pelas crianças. É importante escolher sempre algumas cartas mais simples e não mais de 15 ao todo.

Em seguida, o jogo deve ser apresentado e explicado às crianças. As ilustrações ajudam a compreensão do que deve ser feito em cada atividade, e dá aos pais a oportunidade de conversar e tirar as dúvidas dos pequenos. Coloque sempre uma ou duas atividades da categoria “Harmonia Familiar”, pois deixa evidente que a brincadeira será divertida.

No fim do dia, realiza-se a contagem de pontos. É a hora de conferir o que foi feito e comemorar as conquistas! Também é o momento de compreender as dificuldades e resolver as coisas de uma maneira calma, tranquila e organizada. Para conquistar mais pontos, a crianças naturalmente vão se esforçar mais no dia seguinte. Palavras de incentivo sempre vão muito bem!

Acima de tudo, o jogo é uma ferramenta educativa para os pais, que podem ajustá-lo à rotina da família, conforme o que acharem mais apropriado para seus filhos, e de acordo com cada etapa de desenvolvimento e maturidade.

Nesse jogo, quem realmente ganha é a família, tornando-se mais unida, respeitando-se e amando-se cada vez mais. Proporcionar uma infância assim aos seus filhos é uma recompensa para a vida toda!

Confira alguns motivos para jogar este jogo com seus filhos:

  • Une a família e ajuda na educação das crianças;
  • É simples de entender, fácil de utilizar e divertido;
  • Motiva as crianças da melhor forma possível: pelo afeto e reconhecimento dos pais;
  • Torna claro que ensinar certas coisas é tarefa dos pais e não da escola, reforçando a importância do núcleo familiar na educação das crianças;
  • Cria um momento especial entre pais e filhos diariamente, que frequentemente têm pouco tempo juntos. Conversar sobre o dia demonstra interesse pelo crescimento e as crianças se sentem valorizadas ao serem ouvidas;
  • Cumprir as atividades e as metas diariamente ajuda a desenvolver maturidade e responsabilidade. Estudos mostram que crianças que se envolvem em atividades domésticas desde pequenas são mais propensas a terem sucesso na carreira;
  • As crianças sabem o que esperam dela durante o dia, de acordo com as cartas que foram escolhidas. Isso ajuda a reduzir a ansiedade tanto das crianças quanto dos pais;
  • Os hábitos são criados naturalmente, respeitando o tempo de cada um. Um novo hábito pode levar alguns meses para ser criado e só se aprende alguns de cada vez; e
  • Pode (e deve) ser jogado durante muito tempo, conforme a criança cresce e amadurece. Basta substituir as cartas em jogo por outras.

Conheça mais sobre a pedagogia do JOGO DOS HÁBITOS na seção “Manual” deste site, onde as regras e orientações são explicadas com mais detalhes. Não deixe de ler! Clique aqui!

Informações sobre o Criador do JOGO DOS HÁBITOS:

Maurizio Casalaspro: Criador do Jogo dos Hábitos. Paulista, 31 anos, casado e dois filhos. Licenciado em matemática pela USP. Trabalha no mercado financeiro e possui grande interesse na área de educação. Teve a ideia de criar o jogo enquanto estudava pedagogia em benefício de seus filhos.

 

Inscreva-se! E fique por dentro das novidades!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.